O SER EM CENA – o Ator Integrado

O SER EM CENA: Com base nos treinamentos para atores desenvolvidos por Eric Morris no Actor’s Studio, por Antônio Januzelli em universidades de São Paulo, na experiência de Foroni como aluno de Javier Daulte, José Sanches Sinesterra, Antônio Araújo, como coordenador multidisciplinar do Studio Fatima Toledo (onde criou o Projeto Primeiro Corte) e na Formação em Terapia Transpessoal, nasceu a abordagem O Ser Em Cena. Alimentada também pela experiência de 20 anos como ator e pela experiência de 15 anos como diretor. O Ser Em Cena não é um método, são diversos. É uma abordagem. Nela os atores são convidados ao trabalho cênico a partir do conhecimento e desenvolvimento das próprias potencialidades. Concentração, Energia, Impulso, Intenção, Encantamento, Compromisso e Aposta Emocional são palavras fundantes do trabalho. Um processo criativo e pedagógico, onde o próprio indivíduo é capaz de gerir seu potencial cênico e transformá-lo em motivação e expressividade.

Impulso pede ação interior. Ação interior pede ação exterior. Ser ator: Manifestar a vida, o impulso vital. O SER EM CENA.